Mandalas e Relicarios

Sunday, July 22, 2007

Significado das Mandalas (Geometria)

VEJA NOVAS FOTOS DAS MANDALAS ABAIXO DOS TEXTOS
SEE MANDALA PHOTOS BELOW TEXT
Para encomendar sua Mandala Personalizada, aqui vão os significados:
- BASEADO NA GEOMETRIA REPRESENTADA NA MANDALA:
O círculo: Uma linha sem começo nem fim, um símbolo da eternidade. Sempre existe numa mandala, pois é essa forma que cria o seu campo de vibração. Ele separa o espaço sagrado do profano. Por delimitar um espaço, tudo q está dentro dele está fortalecido e protegido. Delimita o espaço de ação das energias invocadas. Jung o relaciona a um “círculo protetor ou encantado” em inúmeras culturas. Uma mandala pode conter, porém, muitos círculos em seu interior, eles sugerem q algum aspecto da pessoa merece ser protegido, enfatizado ou liberado. O simbolismo do círculo é indicar a área de ação de Deus, a abrangência de seu poder, que se irradia em todas as direções, sendo ilimitado. Ele é o símbolo do céu. Um centro vazio denota abertura a mudanças.
O triângulo: é um elemento muito comum nas mandalas. Sua presença está quase sempre relacionada ao simbolismo do número três e seus derivados. Como símbolo sagrado, um triângulo representa o homem em sua busca espiritual, o ser q elevou-se da matéria e que, embora ainda esteja preso a ela, com todas as limitações q isso acarreta, aspira concretizar sua união com Deus. Imagine um triângulo com o vértice para cima, apontando para o alto, e verá a aspiração mais legítima de um buscador espiritual. Com o vértice voltado para baixo, lembra o feminino. Entre os Cristãos, representa a Trindade.
O quadrado: indica a vibração do nº 4 numa mandala, ainda q essa não seja a simbologia principal do desenho. O simbolismo do quadrado é a matéria, o mundo das ações e realizações físicas, num plano de existência puramente terrestre. Não há muita simbologia espiritual num quadrado, mas seu poder de realizar alterações no plano material é intenso, porisso, quem quer resolver problemas na sua vida terrena terá boas emanações de uma mandala cuja estrutura esteja alicerçada no quadrado. É também o símbolo do racionalismo, Quando se conjugam a terra (representado pelo quadrado) e o céu (círculo). Nas mandalas tibetanas, o quadrado é usado para indicar o lugar sagrado onde se coloca o símbolo da divindade (círculo).
O Pentágono e o Pentagrama: as figuras de 5 lados, como a estrela de 5 pontas e a forma poligonal do pentágono, são vibrações do nº 5. As emanações dessas figuras numa mandala são sempre leves e renovadoras. Como pentágono, sua simbologia lembra o 5º elemento, o éter. Como pentagrama ou estrela de 5 pontas, tem uma forte ligação simbólica com a magia e a alquimia, emanando vibrações de liberdade de ação e de pensamento. A estrela de 5 pontas se parece a um ser humano de pé, com os braços e os pés estendidos. É o símbolo do homem material e físico, segundo Jung. Aparecendo nas mandalas, as estrelas indicam q somos criaturas espirituais, e assim devemos manter uma ligação com o Self interior para vivenciar nosso destino.
O hexágono e a estrela de seis pontas: estas formas, sagradas para algumas crenças religiosas, são o símbolo da dupla aspiração espiritual humana. Afinal, o nº 6 é o dobro de 3, nº q simboliza a busca espiritual. O hexágono indica o campo de atuação da busca, q é mais intensamente realizada no ambiente familiar, com seus apegos e desapegos. A estrela de 6 pontas, ou, como é + conhecida, a estrela de Davi, representa a fé aplicada à vida material e a fé transformada numa ligação real com Deus, a chamada religação. Também conhecida como Selo de Salomão, a estrela de 6 pontas representa a própria alma. Composta por triângulos sobrepostos, o triângulo de vértice voltado para cima simboliza o fogo e o de ponta para baixo, a água. Misturando-se o fogo e a água temos a totalidade do indivíduo.
Os polígonos estrelados: são muito comuns nas mandalas. Além da sua força vibracional, muito leve e inspiradora, sua simbologia está relacionada com a base numéricana qual estão estruturados. Por isso, sempre interpretamos um polígono estrelado como emanação de um nº, q está representado pela quantidade de pontas da estrela. Os polígonos e estrelas com base nos nºs. 7, 8, 9, 10, 11 e 12são especialmente ativos, e sua simbologia está estreitamente relacionada com sua base numérica.
Gotas: a chuva está associada à fertilidade na mitologia. Como a água da chuva cai do céu, ela é pura, associada, muitas vezes, ao ato de purificação. Costumamos relacionar também gotas de chuva a lágrimas, q levam embora nossa tristeza ou raiva.
Cruz: significa conjunção de opostos: a linha vertical (o mundo espiritual) e a linha horizontal (o mundo material). Indica uma conexão entre a terra e o céu. Para Jung, a cruz seria um símbolo dos opostos dentro da pessoa como totalidade. Na mandala, significa q a pessoa está se preparando para tomar uma decisão ou p/ seguir um novo caminho. Está equilibrando controvérsias q surgem nesta jornada.
Flores: simbolizam a chegada da primavera, a efemeridade da vida e da beleza, a vida q sempre se renova. Por causa da sua forma e do foco no centro, flores são mandalas naturais. Revelam q um ciclo evolutivo pessoal está se acelerando, quando aparecem nas mandalas.

Extraído dos livros: “Mandalas: como usar a energia dos desenhos sagrados”, de Celina Fioravanti, Editora Pensamento, e “Mandalas – a busca do equilíbrio”, de Maria Tereza Franchi, Berkana editora.


VEJA FOTOS DE MINHAS MANDALAS ABAIXO
SEE MANDALA PHOTOS BELOW

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home